Imagem de fundo do menu

5 ferramentas para melhorar o engajamento escolar

Use a tecnologia como sua aliada no processo educacional. 

O que seria da sociedade atual sem a tecnologia? Difícil imaginar, não é mesmo? Mais do que uma presença constante no nosso dia a dia, ela também colabora com a evolução do nosso sistema educacional. Além do incentivo da BNCC, que inclui a tecnologia entre as 10 competências gerais a serem desenvolvidas pelos estudantes, ela também assumiu um papel importante durante a pandemia e permanece fundamental neste novo cenário de volta às aulas.

Foi através de ferramentas de conexão entre alunos e professores que várias instituições conseguiram garantir que, de forma adaptada, o ano escolar não precisasse parar. Por isso, nada mais lógico do que trazê-las de uma forma ainda mais estratégica para perto da sala de aula. Além do mais, quando lidamos com uma geração de estudantes nativos digitais, todo avanço que envolva tecnologia tem grandes chances de ser bem aceito.

Para ajudar você nesta tarefa, selecionamos 5 ferramentas que facilitam processos pedagógicos para você inserir hoje mesmo na rotina escolar. Confira:

1 → Google Sala de aula

Esta é uma das ferramentas mais completas para criar uma sala de aula virtual. A ideia é oferecer no online recursos semelhantes aos encontrados no offline, como separar os alunos por turmas, criar atividades, verificar a interação dos alunos e realizar provas, por exemplo. Também é possível anexar arquivos e gravar aulas em vídeo, assim os alunos podem revisitá-las sempre que quiserem.

Para usar o Google Sala de aula é importante que a instituição tenha uma conta gratuita no Google Workspace for Education, que fornece proteções adicionais de privacidade e segurança para os alunos.

Além de reunir em um só lugar diversos recursos importantes para o ensino, o sistema é intuitivo e pode ser aprendido com mais facilidade do que outras ferramentas. O Google Sala de aula pode ser acessado em sua versão para desktop ou pelos aplicativos para Android e iOS.

Leia também: Como usar o Google Classroom

2 → Youtube

Criada com foco no entretenimento, o Youtube se mostrou um dos principais recursos dos professores desde o início do isolamento social. O seu uso, no entanto, deixou de se limitar à curadoria de vídeos para complementar o ensino em sala de aula: muitos professores passaram a produzir conteúdos e compartilhar seus conhecimentos através da plataforma. O próprio Youtube passou a investir em um espaço exclusivamente voltado para educação, o Youtube Edu.

Os edutubers, como são chamados os produtores de conteúdo educacional no Youtube, foram responsáveis por um aumento significativo na quantidade de vídeos disponíveis com essa finalidade. Enquanto em janeiro e fevereiro de 2020 foram disponibilizados na plataforma pouco mais de 300 vídeos com a tag “ensino à distância”, em março esse número saltou para mais de 23 mil.

Para gerações de alunos nativos digitais, buscar soluções que já façam parte do seu dia a dia pode ser uma estratégia e tanto para melhorar o seu desempenho e aumentar o engajamento durante as aulas.

Leia também: Como usar o Youtube na educação

3 → Studos

E se alunos, professores e a instituição pedagógica como um todo pudessem contar com uma única ferramenta para facilitar a rotina escolar? Isso é possível com a Studos! Nossa plataforma otimiza os processos pedagógicos e possibilita um trabalho integrado, mesmo que o objetivo de cada um seja diferente.

A melhora do engajamento escolar é uma das principais vantagens da ferramenta. A Studos permite, por exemplo, que os alunos visualizem a sua evolução através de resultados detalhados obtidos através das atividades da plataforma. Ao ter acesso de forma clara a quais conteúdos eles têm domínio e quais precisam de mais atenção, os alunos têm mais autonomia sobre a sua jornada educacional, o que contribui para o aumento do envolvimento em seu próprio aprendizado.

Os professores também se beneficiam com a ferramenta. Além de diminuírem consideravelmente o tempo dedicado à elaboração e correção de provas, é possível ter acesso a mapas e gráficos de desempenho, bem como relatórios completos sobre o tempo de resposta de cada questão e percentuais de erros e acertos. Dados como esses, que não seriam facilmente obtidos de forma manual, possibilitam que professores orientem seus alunos e contribuam de forma ainda mais efetiva para a sua evolução.

4 → Duolingo

Eis aqui uma ferramenta que coloca em prática a frase “aprender brincando”. O Duolingo é uma plataforma para o ensino de idiomas que usa a gamificação como forma de motivar o aluno, estimular o aprendizado e tornar o processo mais divertido. Ela também aposta na Inteligência Artificial para a personalização da jornada de cada aluno, levando em conta suas preferências e dificuldades no estudo do idioma.

Esta é uma ferramenta incrível para complementar o ensino em sala de aula. O Duolingo, pode ser acessado através do aplicativo e na versão web e possui uma solução gratuita voltada para escolas, disponível no site. Não à toa, o Brasil já é o segundo maior mercado da solução. Com a pandemia, o número de downloads do aplicativo atingiu os 30 milhões entre abril e maio do ano passado.

5 → TED 

Por fim, não podíamos deixar de citar o TED, que inspira milhões de pessoas no mundo todo através das TED Talks. As palestras contam com especialistas das mais diversas áreas que possuem “ideias que merecem ser disseminadas” (como o próprio slogan diz) e são disponibilizadas gratuitamente na plataforma.

O conteúdo é rico e sem dúvida pode ajudar no desenvolvimento profissional dos professores (o que, por sua vez, impacta positivamente no desempenho escolar dos alunos). Além de abordarem diversos tópicos educacionais, as talks também trazem relatos e inspirações relacionadas aos desafios enfrentados pelos educadores em sala de aula. Vale a pena conferir os tópicos voltados para educação.

Incluir essas e outras ferramentas na rotina escolar pode tornar o ensino mais dinâmico, melhorar o engajamento dos alunos e ajudar a reverter alguns dos principais desafios dos professores na atualidade.

E para você, quais ferramentas fazem a diferença no dia a dia em sala de aula?

Compartilhe com a gente!

Leia também:

O que é ensino híbrido

O que é e como funciona a Studos

Peça uma demonstração